R. Fernão Dias, 14
Cajamar - São Paulo - SP

Blog

iso 8573 tratamento ar comprimido
Os comentários estão desativados

ISO 8573-1: por que o ar comprimido concentra contaminantes e como eliminá-los?

iso 8573-1 tratamento do ar comprimido

A norma internacional ISO 8573-1: 2010 é a referência internacional para sistemas de ar comprimido, com foco no nível de contaminação. As diretrizes incluem classes de qualidade, que atendem múltiplas aplicações na indústria e nos serviços, exceto respiração humana e utilização medicinal.

A contaminação do ar comprimido é a soma das impurezas do ar am­biente com outros contaminantes que são introduzidos durante o processo de compressão.

O ar ambiente é contaminado por: partículas sólidas (poeira, microrganismos, etc.), vapor d’água (umidade relativa), vapores de hidrocarbonetos (fumaça de óleo diesel, etc.), dióxido de carbono, monóxido de carbono, óxido nitroso, dióxido de enxofre, etc.

Essas impurezas serão aspiradas por qualquer compressor de ar, seja lubrificado ou isento de óleo.

Se o equipamento for lubrificado, uma pequena parte do óleo do processo de compressão é arrastada pela descarga do compressor e se soma aos demais contaminantes no sistema.

Na tubulação de distribuição, o ar comprimido ainda pode arrastar ferru­gem e outras partículas.

Os danos causados pela contaminação

iso 8573 tratamento ar comprimido

A contaminação do ar comprimido reduz a eficiência energética do sistema, danifica e compromete a vida útil dos equipamentos, gerando aumento de custos, além de comprometer a qualidade da produção.

  • Maior consumo energético: a presença de contaminação sólida e líquida no fluxo de ar reduz a capacidade do ar comprimido realizar trabalho em até 15%, chegando a 30% em casos extremos, elevando o consumo energético.
  • Paradas de produção: o prejuízo também acontece em paradas de produção para manutenções por problemas gerados pelos contaminantes.
  • Qualidade comprometida: as despesas decorrentes da contaminação do ar comprimido incluem ainda o retrabalho ou perda total de peças e serviços rejeitados pelo controle de qualidade e na garantia de produtos e serviços defeituosos.

Leia também: Como a falta de tratamento do ar comprimido afeta os equipamentos, a produtividade e a eficiência energética

Como eliminar os contaminantes do ar comprimido?

É fundamental garantir a pureza do ar comprimido, por meio de um sistema de tratamento baseado na ISO 8573-1: 2010, selecionando a classe de qualidade mais adequada para a sua aplicação.

Um sistema de ar comprimido típico proposto pela norma é composto por: compressor / resfriador-posterior / pré-filtro / secador / pós filtro. Em cada um destes equipamentos, atinge-se um nível superior de qualidade.

Os componentes necessários para um sistema de tratamento do ar comprimido nas diretrizes da ISO 8573 variam de acordo com a aplicação. A classe de qualidade determinada para serviços de pintura difere da requerida para a fabricação de fibras óticas ou chips, por exemplo.

As classes de qualidade da norma estabelecem limites para os três principais contaminantes do ar comprimido: partículas sólidas, água e óleo.

Como adequar sua aplicação às diretrizes da norma ISO 8573-1?

iso 8573-1 secadores ar comprimido

A ISO 8573 proporciona proteção, confiabilidade e rentabilidade à utilização de energia pneumática. Mas, como adequar sua demanda de ar comprimido às diretrizes da norma?

Para te auxiliar neste desafio, a Metalplan disponibiliza abaixo uma tabela que mostra como devem ser sistemas de ar comprimido de acordo de acordo com a ISO 8573 para diversas aplicações:

  • Ferramentas pneumáticas, automação, jateamento, pintura, etc.
  • Clínicas odontológicas
  • Setores automobilístico, plástico, têxtil, papeleiro, mecânico, metalúrgico, etc.
  • Geração de N2 e O2
  • Indústrias alimentícias, químicas, farmacêuticas, etc.
  • Geração de gases de altíssima pureza.
  • Fabricação de fibras óticas, chips, instrumentação crítica, siderurgia, reatores nucleares, etc.

A Metalplan colocou o Brasil na vanguarda da ISO 8573

A Metalplan colocou o Brasil na vanguarda da utilização da norma ao traduzi-la de forma inédita, em 1992. Esta foi uma das iniciativas que tornaram a empresa referência no mercado de ar comprimido, ao longo de quatro décadas.

Os nossos compressores de ar, secadores, filtros e reservatórios e demais equipamentos e soluções são reconhecidos pela alta confiabilidade, robustez e eficiência energética, marca registrada do primeiro fabricante de compressores do mundo certificado ISO 50001 – Gestão de Energia.

Entre em contato com nossos especialistas e garanta equipamentos e soluções sob medida para garantir a máxima eficiência e qualidade no sistema de ar comprimido da sua empresa.

Compartilhe:
Leituras relacionadas
gerador de nitrogênio geração
Saiba como funciona a geração de nitrogênio a partir do ar comprimido no local da aplicação
secador por adsorção ar comprimido funcionamento metalplan
Saiba como funciona o secador de ar comprimido por adsorção
secadores por refrigeração ar comprimido
Secador de ar comprimido por refrigeração: conheça o seu funcionamento
biogás biometano combustível do futuro metalplan
Com patrocínio da Metalplan, Fórum destaca potencial do biogás e biometano no país